Mas você está certo disso? Posso perguntar?

Blog Single

Já aconteceu na sua empresa ou na sua gestão de você transmitir uma orientação e o resultado ser totalmente diferente do que você esperava? Se a resposta foi sim, já pensou que o problema pode estar na comunicação?

A boa comunicação é essencial em todas as áreas da nossa vida, mas é imprescindível nos negócios, pois uma comunicação efetiva otimiza processos, evita erros e até desperdício de tempo e dinheiro.

Falhas de comunicação afetam o desempenho empresarial em vários aspectos: descumprimento de prazos, falta de informação, gerenciamento defasado, aumento de acidentes de trabalho, tendo como consequência imediata prejuízos financeiros e no clima organizacional. E não é diferente quando falamos de falhas que resultam no descumprimento de leis, normas, políticas, etc.

E pra você que não quer ter problemas nessa área, eu vou trazer 3 dicas para evitar falhas de comunicação na sua empresa:

1. Utilize a linguagem adequada para o seu público. Não adianta utilizar uma linguagem jurídica para falar com farmacêuticos ou vice-versa. A melhor comunicação é aquela que o outro consegue entender. Isso evita muito desperdício de tempo, energia ou mesmo a necessidade de se refazer algo por falta de entendimento.

2. Crie processos eficientes. Peter Drucker já dizia que a ineficácia é a mãe de uma comunicação falha. Por isso, além de utilizar linguagem adequada, você deve criar processos eficientes, pois isso diminuirá as falhas de comunicação. Isso reforça o que sempre diz Abílio Diniz: “empresa é um processo simples de duas palavras: pessoas e processos”.

3. Sempre comunique a missão, visão e valores da sua empresa. Deixar claro o motivo da existência da empresa, sua visão de futuro e no que ela está baseada (valores) são essenciais para alinhar não apenas a comunicação, mas para não restar dúvidas sobre quais são as condutas aceitas e não aceitas no ambiente corporativo, garantindo que todos estejam na mesma página sobre a forma de agir no negócio.